segunda-feira, 25 de abril de 2011

Tudo Numa Coisa Só


Nos últimos dias, um dos assuntos mais comentados na música brasileira foi o caso do plágio cometido pelo Parangolé ao copiar o riff de uma música do Angra. De fato, qualquer leigo é capaz de perceber que o riff é o mesmo (com o andamento beeeeem mais lento), só que o objetivo desse post não é discutir o plágio.

Em sites com informações e notícias sobre o assunto, é possível ler e, até participar de verdadeiras guerras entre pessoas que consideram "doentes mentais" os que ouvem axé, pagode, forró e ritmos afins ou "retardados" os que ouvem rock, metal e seus derivados. Os adjetivos são parecidos, mas eu fico me questionando porque o simples fato de uma pessoa não gostar do mesmo estilo de outra faz dela melhor ou pior que alguém.

Sou dos que acredita que um músico (ou qualquer pessoa que se considera conhecedora de música) deve conhecer o máximo de coisas que for possível conhecer. Acho que um bom músico não é só aquele virtuose que só toca um estilo, mas principalmente aquele que pode transitar pelo máximo possível deles, sem soar falso ou forçado. O mesmo se aplica aos que acham que sabem o que é música boa.

Por isso admiro e bato palmas quando vejo Andreas Kisser, do Sepultura, tocando com Chitãozinho e Xororó, ou a Calcinha Preta gravando uma das músicas mais lindas do Angra (ou o repertório todo do Scorpions, hehe!), ou ainda o próprio Angra, desde sempre, mostrando as influências da cultura brasileira na sua música. Não custa nada lembrar que Durval Lelys, por exemplo, veio do rock e, ainda hoje, toca Pink Floyd nos shows do Asa de Águia.

As pessoas tem o direito (e o dever) de gostar do que elas bem entenderem e não serem taxadas como burras ou ignorantes por isso. A ignorância está exatamente nas pessoas que acham que o bom é só o que vivemos e que todo o resto é ruim.

Porque precisamos achar que só um tipo de música presta, se nem os nossos ídolos pensam assim? Me deixe, viu?! Me deixe ser fã do Queen, mas me deixe adorar a Timbalada!

Beto Calasans

"Tem hora que a gente se pergunta porque é que não se junta tudo numa coisa só" (Fernando Anitelli - O Teatro Mágico)

ALGUNS BONS EXEMPLOS:
Agora Estou Sofrendo (Calcinha Preta)...
http://www.youtube.com/watch?v=Q00WaszfALo

... e sua original, Bleeding Heart (Angra):
http://www.youtube.com/watch?v=PCg89N6Sug8

Carolina IV (Angra):
http://www.youtube.com/watch?v=LW9O0U3JyYE

Something, dos Beatles (Durval Lelys e Armandinho Macedo):
http://www.youtube.com/watch?v=VEVsfNgs7AE

Um comentário:

  1. Me deixe viu... Adoro arroxa... hahaha (É sério)

    ResponderExcluir